Conflitos: saiba como lidar com eles no ambiente de trabalho

As empresas são feitas de pessoas. Das mais diferentes idades, pensamentos e gerações (saber lidar e o que esperar delas é fundamental). E lidar com elas dentro dos ambientes de trabalho não é tarefa fácil para ninguém, seja para os empresários, gestores ou mesmo com os próprios colegas de profissão.

Por mais que as equipes estejam integradas e trabalhando na mesma vibração, pode haver conflitos dentro das empresas, afinal, eles acontecem quando há diferentes interpretações sobre um mesmo problema, onde cada indivíduo envolvido tenta impor o seu ponto de vista, sem ouvir e sem respeitar a outra parte.

De acordo com o mestre em neuropsicologia Eduardo Shinyashiki, o primeiro passo é entender que o seu ponto de vista é diferente do outro. “Cada ser humano interpreta a realidade conforme suas crenças, experiências, educação e convicção. Então, lembre-se: antes de querer ser compreendido, compreenda o outro”, afirma em matéria ao portal Novarejo.

A próxima etapa é avaliar os três pontos de vista: a primeira posição é referente à própria realidade, é “como eu lido com o conflito”; a segunda posição refere-se à perspectiva da outra pessoa, a “como o outro percebe essa situação”; por fim, a terceira posição é a do observador, é o olhar objetivo da interação entre a primeira e a segunda posições.

Nesta fase, é preciso esquecer por um momento o que você quer e olhar para a situação de forma mais distanciada e sem julgamentos. Após entender as três ações é necessário compreender as posturas corporais do outro. Identificar a forma como ele se comunica permite uma ampla e correta avaliação da situação e chegar a um resultado desejado.

Treine a forma de olhar a vida e as situações de pontos de vista diferentes, para desenvolver uma visão mais aberta e observar os problemas de diferentes perspectivas e ângulos. Afinal, quando olhamos o mundo com novos olhos, mudamos velhos julgamentos, enriquecemos o nosso cérebro com novas experiências, a mente se abre e, assim, os comportamentos automáticos e repetitivos se transformam.

alekksall/Freepik

Dicas para lidar com conflitos

Para controlar as próprias emoções, um recurso simples e eficaz é a respiração. Na sua rotina, faça 20 respirações conectadas: respire pelo nariz, de forma mais lenta e profunda que o normal, com expansão torácica e abdominal. Fazer esse exercício uma ou duas vezes ao dia ajuda a desenvolver uma maior consciência corporal.

Já para estar preparado a lidar com as divergências, permita utilizar e colocar em prática essas atitudes, pois qualquer habilidade precisa ser treinada e repetida para se tornar natural. O ponto não é evitar o conflito, fechar os olhos para a realidade, mas saber como geri-lo de forma eficaz e produtiva.

Além dessas duas dicas, o especialista em gestão de pessoas, Eduardo Ferraz, apresenta outros cinco passos que o empreendedor pode seguir para minimizar conflitos entre os membros de sua equipe. Eles foram publicados pela revista Exame e são bem úteis! Leia e coloque em prática dentro do seu ambiente de trabalho.

  1. Seja empático

Empatia é a habilidade de se colocar no lugar da outra pessoa. Ela nos ajuda a compreender as razões, por mais estranhas que pareçam, que levam alguém a tomar decisões que jamais tomaríamos.

  1. Ouça os dois lados

Para ser justo, é fundamental que o líder entenda os pontos de vista conflitantes entre as pessoas envolvidas antes de tomar qualquer decisão.

  1. Tenha uma postura racional

Não se contamine emocionalmente quando houver discussões mais ríspidas. Mantenha a negociação no plano racional. As pessoas tendem a respeitar quem mantém o autocontrole.

  1. Estimule o diálogo

Procure fazer com que as partes apresentem seus argumentos de maneira serena e de preferência embasados em dados mensuráveis, de forma que as informações dos dois lados possam ser aproveitadas em uma proposta intermediária.

  1. Não se omita

Muitas vezes, o líder se retira antes de resolver o conflito. Se depois de tudo isso o impasse persistir, decida você. Às vezes, é preciso tomar partido de uma das posições e encerrar o problema, deixando claro quais os critérios levados em consideração para decidir.

 

Saiba tudo em primeira mão. Cadastre seu e-mail ao lado!

 

Com informações:

O que esperar das novas gerações nas empresas?

Como o empresário deve lidar com as diferentes gerações?

Como lidar com os conflitos em 2018?

5 maneiras de lidar com conflitos na sua empresa

Dartagnan Costa

Advogado OAB/RS 72.784 Diretor na empresa Dartagnan & Stein Sociedade de Advogados, atuando no Estado do Rio Grande do Sul. Bacharel e Mestre em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul Especialista em Direito Tributário pela Universidade Cândido Mendes Especialista em Direito Empresarial do Trabalho pela Universidade Cidade de São Paulo MBA em Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getúlio Vargas

Deixe uma resposta